Últimas notícias

Polícia de Cornélio Procópio prende autor de homicídio bárbaro no Jardim Figueira

Em ação rápida e eficiente a polícia conseguiu deter o surto do autor, que sofre de esquizofrenia, antes que o mesmo cometesse novo crime.

Na manhã de sábado,03, por volta de 7h da manhã, um crime violentíssimo foi registrado em Cornélio Procópio. Num grave surto psicótico, a pessoa de José Augusto Pereira, 38 anos, desferiu pelo menos 32 facadas contra o peito e o pescoço do Sr. Aparecido Antônio de Oliveira, um trabalhador de 59 anos, conhecido como “Cido Pedreiro” levando-o a óbito no local.

O crime aconteceu na Rua dos Eucaliptos, Jardim Figueira, onde vítima e autor residem. De acordo com informações do Repórter Reginaldo Tinti, a vítima estava saindo para trabalhar quando se deparou com o autor, que o atacou de maneira repentina e alucinada,  golpeando-o violentamente com uma faca.

Segundo informações da família do agressor, José Augusto Pereira sofre de esquizofrenia, inclusive, já esteve internado em Londrina, de onde fugiu quando recebia tratamento,  chegando a quebrar os pés durante a fuga. “Ele não tem passagens pela polícia e é a primeira vez que pratica um ato de violência em sua vida” . Esclarece Claudinei Antônio Pereira, irmão do homicida.

Segundo ele, José Augusto não era inimigo da vítima e não houve qualquer desentendimento entre ambos. “Ele toma remédio controlado e acabou misturando com bebida alcoólica.  Foi o que o deixou completamente alucinado”. Informou o Irmão.

Logo após o crime, José Augusto teria se dirigido ainda armado até a residência  de uma irmã que reside nas proximidades. O mesmo tentou entrar na casa, mas, felizmente, não conseguiu. O irmão do autor, revelou em entrevista que se sentiu aliviado com a ação rápida da polícia que conseguiu prender José Augusto, antes que o mesmo cometesse outro crime. "Pedimos para ele não beber, pois ele não pode misturar álcool com seus medicamentos, mas ele não nos ouvia". Encerrou. 

Informações não oficiais dão conta que o autor tentou contra a própria vida, ingerindo grandes quantidades de produtos de limpeza, por isso, foi encaminhado para a Santa Casa para receber tratamento, antes de ser preso.

Fotos e informações Reginaldo Tinti / Grupo Amigos da Notícia 

FONTE - VIA ODAIR MATIAS

Nenhum comentário