Últimas notícias

POLÍCIA CIVIL DE SÃO JERÔNIMO DA SERRA CONSEGUE A PRISÃO DE AUTOR DE BÁRBARO CRIME COM O APOIO DA POLÍCIA CIVIL DE SANTA CATARINA

Entenda o caso:


Na data de 19 de abril de 2018, o investigador de polícia plantonista foi acionado pelo Conselho Tutelar, sendo informado que, na mesma data, por volta da 01:00 hora, uma criança deu entrada no Hospital Municipal com suspeita de ter sido espancada, tratando-se da criança de nome A.H.B.O.D, filho de uma adolescente, sendo a criança transferida em estado grave para o Hospital Infantil de Londrina, acompanhada pela mãe, ocasião em que o padrasto da criança, de nome RENAN MATIOLI AMORIM, compareceu a 33ª Delegacia Regional de Polícia e prestou informações à Polícia Civil, alegando que sua amásia agride constantemente a criança, vítima das agressões, momento em que o Delegado de Polícia, Dr. Flávio Junqueira, ordenou a um dos investigadores de polícia que comparecesse até o Hospital Infantil de Londrina para que realizasse a condução da referida adolescente, mãe da vítima, bem como da avó desta, até a Central de Flagrantes da Polícia Civil de Londrina, para os procedimentos cabíveis, sendo lavrado o Auto de Apreensão em Flagrante delito em desfavor da adolescente, mãe da vítima.


Em poucos dias internada, a criança acabou entrando em óbito no Hospital Infantil de Londrina, não resistindo aos ferimentos, após passar por cirurgia, em razão de traumatismo craniano que lhe foi causada.


Em continuidade às investigações, Dr. Flávio Junqueira recebeu as peças do Auto de Apreensão em Flagrante Delito da referida adolescente, onde ficou evidenciado em suas declarações de que o padrasto da vítima, Renan Matioli, muitas vezes mordia a criança e a agredia, em razão da falta de paciência.


Diante das provas até então colhidas, de plano, Dr. Flávio Junqueira pediu a prisão preventiva do acusado e rapidamente foi expedido o respectivo Mandado de Prisão pelo Juízo da Comarca local, e, desde então, tomou-se conhecimento de que o acusado encontrava-se foragido e não tinha a intenção de se apresentar a Autoridade Policial competente.


Assim, a equipe de investigadores iniciou um trabalho intenso, visando a localização do autor do bárbaro crime, até que, o investigador de polícia, André , conseguiu a exata localização do referido acusado, o qual se encontrava na cidade de Balneário Camboriú, no Estado de Santa Catarina. Rapidamente foram realizados contatos com os investigadores da citada cidade, onde foram empreendidas diligências constantes, havendo êxito na prisão.


O autor do bárbaro crime encontra-se detido no Estado de Santa Catarina e encontra-se à disposição da Justiça da Comarca de São Jerônimo da Serra e poderá ser escoltado em momento oportuno para a cadeia Pública de São Jerônimo da Serra e responderá pelo cometimento do crime de Homicídio Qualificado por dolo eventual(assumiu o risco de produzir o resultado), podendo pegar até 30 anos de prisão.

“ Quero agradecer o empenho de toda equipe que não mediu esforços para que acontecesse essa importante prisão, em menos de uma semana da expedição do mandado de prisão, especialmente ao investigador de polícia, André, que conseguiu a exata localização do autor, que estava no Estado de Santa Catarina, e, em contato com os investigadores de lá foi possível a prisão”- palavras do Delegado Flávio Junqueira.


Segundo Dr. Flávio Junqueira “mais uma vez agimos muito rápido, dando uma resposta à altura para toda sociedade, que clamava por Justiça, demonstrando que nosso trabalho é realizado em silêncio, mas trazendo os autores dos crimes à disposição da Justiça para que sejam devidamente julgados perante a lei, bem como saliento a importância desta ligação que temos com as Polícias Civis de outros Estados que torna viável prisões como esta de grande relevância, aproveitando para agradecer os policiais civis de Santa Catarina que entenderam a importância da causa e não mediram esforços para a prisão de Renan Matioli”.

Nenhum comentário