Últimas notícias

Comoção toma conta do enterro do jovem Danilo em Uraí. Família quer Justiça

Na manhã desta quinta feira, 14, ocorreu o sepultamento de Danilo Miguel 25 anos, morto após levar um tiro na barriga durante uma abordagem policial no centro de Cornélio Procópio.

O enterro aconteceu por volta de 9h e levou muita gente ao cemitério da cidade, onde familiares e amigos se mostraram comovidos e transtornados enquanto se despediam do jovem.

De acordo com informações do repórter Walter Lozzano (Milênium FM), a família não se conforma com os fatos apresentados e a maneira como Danilo foi morto. A versão da Polícia Militar dá conta que o jovem reagiu a abordagem e por isto foi alvejado.
  
O pai da vítima, funcionário público da prefeitura de Urai, Valdecir Salviano de Andrade, concedeu entrevista ao repórter Bruno Izidoro (FM 104) explicando que seu filho, não tinha antecedentes criminais e veio a Cornélio Procópio em busca de uma consulta médica na 18 º Regional de Saúde. “Ele era um bom filho, trabalhava e estava fazendo um curso via internet para passar no concurso da polícia militar”  informou.

Sr. Valdecir disse  ter conversado com seu filho no hospital na última quarta feira, após o incidente e o mesmo disse a ele que não fez nada. “Mesmo que ele tivesse reagido, meu filho é um rapaz magrinho e fraco, era só dominá-lo, algemar e levar preso, não deveriam ter atirado ”.  Disse emocionado.

O entrevistado informou que já registrou queixa na Delegacia de Cornélio Procópio e vai procurar providências junto ao Ministério Público.

FONTE - ODAIR MATIAS

Nenhum comentário