Últimas notícias

Duas crianças são picadas por escorpiões, dentro das próprias casas em Cornélio Procópio

Em menos de 48 horas, duas crianças da mesma rua, foram internadas vítimas de acidentes com escorpiões amarelos no Conjunto Fortunato Sibim.

Os acidentes aconteceram na Rua Antônio Milanês, altura do nº 180, onde, de acordo com os moradores, existe uma infestação do animal. O primeiro caso registrado aconteceu na última quinta feira,5, por volta 21h30 com um menino de 5 anos de idade.

Segundo o relato da mãe da criança, de nome Cida, enquanto ela prepara para colocar a coberta sobre o menino no sofá, a criança esticou a perna e sentiu a picada no pé. Assim que ela tirou a coberta, viu o escorpião no sofá onde seu filho estava deitado.

O desespero foi enorme, porém, junto com o pai da criança, eles conseguiram capturar o animal e partiram rapidamente para a Santa Casa, onde o menino foi medicado e internado. Felizmente a criança está fora de perigo. 

O outro acidente aconteceu no sábado, 7, na residência de Daniely Cristina Freires, onde seu filho, também com 5 anos de idade, estava no quarto se trocando. Quando vestiu a camisa, sentiu uma picada no pescoço, na hora ele bateu com uma das mãos em cima do animal e também foi picado em um dos dedos.  Diante do choro do menino, os pais conseguiram localizar e matar o bicho em baixo de sua cama. O filho de Daniely, após tomar o soro antiescorpiônico, também passou a noite internado na Santa Casa.

Graças a rapidez dos pais e ao ótimo atendimento que receberam na Santa Casa de Cornélio Procópio, felizmente hoje, as duas crianças passam bem em suas casas. Porém, persiste o medo das famílias diante do grande número de terrenos abandonados que existe naquela região do bairro.

Os familiares das crianças reclamaram bastante de alguns terrenos vizinhos que estão cheios de sujeiras e entulhos, condições perfeitas para a procriação de escorpiões. 

Entre eles, existe uma residência vazia, (foto) em uma situação lamentável, onde possivelmente está o foco da infestação, de onde saíram os escorpiões que picaram as crianças na última semana.  

A prefeitura do município foi acionada através da Vigilância Sanitária, e até o fechamento desta matéria, ainda não havia relatado quais providências seriam tomadas. 
       
Os reclamantes relatam que, há pouco tempo, uma vizinha ex-moradora da rua Armando Michelato, nº 15, foi obrigada a mudar de residência devido a quantidade de escorpiões que apareciam no interior de sua casa.

De acordo com informações do setor de epidemiologia da Vigilância Sanitária, não há falta de soro antiescorpiônico em Cornélio Procópio.

FONTE - BLOG DO ODAIR MATIAS

Nenhum comentário