Últimas notícias

Inscrições para vestibular da UEL começam na sexta

Começam na sexta-feira (3), às 17h, as inscrições para o vestibular 2019 da UEL (Universidade Estadual de Londrina). O prazo segue até 5 de agosto e a taxa é de R$ 150. São ofertadas 2.521 vagas em 53 cursos de graduação. Outras 564 vagas serão ofertadas por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada).

A 1ª fase do vestibular será realizada no dia 21 de outubro, das 14h às 18h, quando será aplicada a prova de conhecimentos gerais. Assim como nos últimos anos, a data coincide com a fase inicial do vestibular da UFPR (Universidade Federal do Paraná), em Curitiba. "Este ano temos empecilhos porque o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) ocupa duas datas e em outubro tem as eleições, com possibilidade de segundo turno. Por isso adiantamos a 1ª fase e decidimos pela 2ª fase em dezembro", explicou a professora Sandra Regina de Oliveira, coordenadora da Cops (Coordenadoria de Processo Seletivo).


No dia 30 de setembro acontecerá o teste de habilidades específicas para o curso de música. Quem não passar terá a possibilidade de escolher outra opção. A 2ª fase está marcada para 2, 3 e 4 de dezembro. No primeiro dia, das 14h às 18h, os candidatos farão as provas de línguas e literaturas, língua estrangeira e redação. No dia seguinte será a avaliação de conhecimentos específicos, no mesmo horário. No último dia, das 8h às 11h e das 14h às 18h, serão aplicadas as provas de habilidades específicas para os cursos de arquitetura e urbanismo, artes visuais, design de moda e design gráfico. O resultado final será divulgado em 18 de janeiro de 2019.


O vestibular não terá mudanças em relação ao do ano anterior. "O que mudou foram apenas os livros de literatura, que a cada dois anos são trocados", apontou Oliveira. Sete das dez obras literárias que serão cobradas na prova foram alteradas. Entre os novos livros estão "Amor de perdição", de Camilo Castelo Branco, e "O demônio familiar", de José de Alencar.

ISENÇÃO
Segundo Oliveira, a expectativa é que o número de inscrições supere o de 2018, quando foram registrados 22.034 candidatos. "Esperamos ter um número expressivo de candidatos, pois temos tido uma grande procura de jovens pela isenção total e parcial. Isso é importante porque uma parte da população acha que não tem espaço na universidade, porém a UEL está aberta para todos. Temos 45% de cotas para escola pública e étnico-racial", destacou. A quantidade de solicitações não pôde ser informada.


Os pedidos de isenção ou desconto parcial, de 30% ou 50%, do preço público do vestibular podem ser feitos até sexta. Podem participar do processo de seleção para solicitação os candidatos que frequentaram o ensino fundamental e médio completos na rede pública. O formulário para está disponível nos site da Cops.

O manual do candidato do vestibular 2019, que detalha a regulamentação e os procedimentos durante a realização das provas e os programas das disciplinas, também pode ser acessado no endereço eletrônico da Cops.

SERVIÇO - As inscrições e os pedidos de isenção ou desconto para o vestibular 2019 da UEL podem ser feitas pelo endereço eletrônico cops.uel.br .


Pedro Marconi
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA


Nenhum comentário