Últimas notícias

Ratinho usufruiu das mordomias que agora promete acabar, diz João Arruda

Foto: Eduardo Matysiak
João Arruda (MDB) destacou as diferenças entre ele e os candidatos do governo durante sabatina realizada na PUC (Pontifícia Universidade Católica), na noite desta quinta-feira (13). “O governo lançou dois candidatos, mas o candidato do Beto Richa é o Ratinho Jr, que usufruiu de todas as mordomias como aviões, cartão corporativo e diárias que agora promete acabar”, disse.

João Arruda respondeu perguntas de jornalistas, professores a estudantes. “Vou governar com as melhores cabeças, independente de partidos políticos e vou aproveitar as boas experiências dos governos Requião, de Jaime Lerner, de Paulo Pimentel e até do ex-governador José Richa, o ‘Richa bom’, disse. “Só não vou repetir nada desse governo do Beto Richa, que teve o Ratinho Jr como seu principal secretário”, salientou.

João Arruda relacionou algumas políticas que prejudicaram o Paraná e mostrou como vai reverter a situação. “Nesse governo, os prefeitos tinham que assinar ficha de filiação na Casa Civil e assumir compromisso de apoiar Ratinho Jr para conseguirem liberar verbas ou empréstimos na Sedu (Secretaria de Desenvolvimento Urbano). No meu governo não haverá perseguições, eu vou apoiar os 399 prefeitos, independentemente de partidos políticos”, disse.

João também citou os aumentos de impostos, de tarifas de água e luz no governo de Beto Richa. “Vou diminuir as tarifas de água e luz e trocar impostos por empregos para recuperar a renda e o poder de consumo das famílias paranaenses e dessa forma melhorar a economia e a arrecadação”.

O candidato também falou dos investimentos básicos para recuperar a Educação e a Saúde de qualidade, sem projetos mirabolantes. “Vou governar para todos os paranaenses, para os professores, para as pessoas que mais precisam”.

Questionado diversas vezes sobre a prisão de Beto Richa, Arruda disse que a situação envergonha todos os paranaenses e lembrou que o ex-governador foi preso em uma das operações policiais e que há mais dez investigações contra ele por corrupção.

Compromisso contra o preconceito – Na chegada à PUC, João recebeu representantes do movimento nacional LGBTI e assinou a Carta da Diversidade, pela qual se compromete a promover em seu governo políticas de combate ao preconceito. O documento foi enviado a todos os candidatos ao governo do Estado. João Arruda foi o primeiro a assinar.

Nenhum comentário