Últimas notícias

Justiça determina fiança R$9.540 a motociclista envolvido em acidente na região de Londrina

Um motociclista suspeito de provocar um acidente que terminou com uma morte e dois feridos está internado em um hospital sob escolta policial em Londrina, no norte do Paraná. A Justiça concedeu liberdade provisória mediante o pagamento de R$ 9.540 de fiança, ou seja, dez salários mínimos.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem pilotava na contramão, estava alcoolizado e sem habilitação para pilotar motos. 

O acidente ocorreu na madrugada de domingo em um viaduto que faz o cruzamento das rodovias PR-445 com a BR-369, e fica entre Londrina e Cambé. 

O boletim de ocorrência detalha a medição: 0,57 miligrama de álcool por litro de ar expelido - mais de 14 vezes acima do tolerado que é 0,04 mg/l. Ele foi autuado por dirigir sob influência de álcool e pelo homicídio no trânsito. 

O juiz de plantão, Mauricio Boer, entendeu que por ser réu primário e portador de bons antecedentes, ele não coloca em risco a ordem pública. Destacou, no entanto, que conduta do motociclista foi extremamente grave. Mesmo assim, concedeu liberdade provisória.

Detalhes sobre o acidente

O depoimento do policial rodoviário que atendeu a ocorrência detalha como foi o acidente.
"Chegando no local constatou-se colisão frontal entre duas motocicletas. Pelos levantamentos, foi constatado que uma das motocicletas transitava pela contramão da direção" 

Uma das motos seguia pela PR-445 e desceu pela contramão para chegar à BR-369. Bateu de frente com outra moto que vinha no sentido contrário e transportava um casal. 

Reginaldo Moraes, de 34 anos, tinha ido buscar a mulher no serviço. Ele pilotava a moto que estava no sentido correto e morreu na hora. A mulher dele, de 29 anos, foi internada com diversos ferimentos. 

O motociclista que descia pela contramão e provocou o acidente também foi para o hospital. Leonardo Nogueira, de 25 anos, está internado no hospital Santa Casa. Foi submetido a uma cirurgia na perna e está bem. 

FONTE - G1 PR

Nenhum comentário