[Fechar]

Advertisement

Últimas notícias

Em meio a surto, Londrina chega a 15 jogadores infectados com a Covid-19


 A disparada de casos de Covid-19 que tem marcado o início do ano em Londrina – assim como em outras partes do país - também tem sido uma realidade no LEC. O Tubarão confirmou mais nove jogadores infectados com a doença neste fim de semana. O número de positivados no clube agora chega a 15 atletas, além de mais dois membros da diretoria e comissão técnica, totalizando 17 pessoas. 

Atacante vinha sendo usado como titular nos treinamentos e está entre os positivados | Foto: Ricardo Chicarelli/Londrina EC/07-01-2022

Entre os jogadores estão com o coronavírus Gabriel, Pedrinho, Zé Pedro, Maltos, Matheus Nogueira, Matheus Albino, Salatiel, Lucas Costas, Léo Arthur, Caprini, Mossoró, Saimon, Eltinho, João Paulo e Victor Daniel. Os dois primeiros fazem parte das categorias de base. Também estão com a doença o executivo de futebol Germano e o preparador de goleiros Edson Sabiá. 


Todos estão cumprindo o período de isolamento e sendo assistidos pelo departamento médico do clube. “O clube reforça que tem intensificado as ações de prevenção à Covid-19 e cumprido todos os protocolos de segurança sanitária para minimizar os riscos de transmissão da doença”, ressaltou nota divulgada pela assessoria de imprensa do Londrina. 


Diante do surto de Covid, o LEC suspendeu o treino aberto à imprensa que teria nesta semana como uma forma de diminuir o fluxo de pessoas dentro do Centro de Treinamentos da SM Sports. A crise sanitária tem assombrado a equipe faltando menos de duas semanas para a estreia no Paranaense, marcada para o dia 23, contra o Maringá, no estádio do Café. 


Antes dos resultados dos testes, por exemplo, o técnico Vinicius Eutrópio tinha utilizado na formação titular durante os últimos treinamentos o zagueiro Zé Pedro, o volante João Paulo e os atacantes Caprini e Salatiel. Até então o treinador já tinha o desfalque de cinco jogadores em razão da Covid. 


ATLETA POLIVALENTE


Enquanto administra os problemas gerados pela pandemia, o Tubarão tem mostrado buscar polivalência em seus atletas para a disputa da temporada, em que terá pela frente o Estadual, Copa do Brasil e Série B do Brasileiro. Quem está nessa lista de atleta multiuso é o atacante Douglas Lima, apresentado oficialmente na semana passada. 


Aos 27 anos, o reforço começou nas categorias de base do Fluminense como lateral-esquerdo, ficando na posição por cerca de sete anos, até que passou a ser escalado como atacante. “Gosto de jogar aberto pela direita quando jogo no ataque e também faço a lateral quando precisa. Na lateral sou muito ofensivo, minha função é atacar bastante, não marco muito. Estou aqui para ajudar na posição que precisar”, elencou, mostrando seu “cartão de visita” para o torcedor e treinador. 


FOLHA DE LONDRINA

Nenhum comentário

UA-102978914-2