[Fechar]

Últimas notícias

Temporal atinge Bandeirantes e deixa cerca de 300 famílias desalojadas neste domingo (12); Governo decreta situação de emergência


 

Foram cerca de 170 milímetros de chuva nas últimas 24 horas, segundo a prefeitura. Gabinete de crise foi montado. Ninguém ficou ferido.

 

As fortes chuvas voltaram a desabrigar moradores de Bandeirantes, no norte do Paraná, na madrugada deste domingo (12), uma semana após o transbordamento dos ribeirões atingirem mais de 2,3 mil famílias, segundo a Defesa Civil. Governo do Paraná decretou situação emergência.

De acordo com a prefeitura, choveu cerca de 170 milímetros no município em menos de 24 horas.

 

A grande precipitação iniciou na área rural que atingiu o Ribeirão Água do Caia por volta das 2 horas da madrugada, segundo a Defesa Civil. A forte enxurrada alagou casas e ruas da cidade.

Cerca de 300 famílias foram desalojadas e levadas para escolas para receberam alimentação e roupas. Não há registro de feridos, conforme a Defesa Civil.

 

"Novas áreas foram afetadas pelos alagamentos hoje [domingo]. Conseguimos retirar as famílias e evacuar os locais imediatamente", explicou o Diretor de Operações e Coordenador da Defesa Civil , Richard Damasceno

 

O bairro mais afetado foi o de Bela vista.

 

Conforme o Secretário de Administração do município, Rafael Henrique Enéas Marinho, as doações feitas após as enxurradas que atingiram Bandeirantes na semana passada foram perdidas por conta do alto volume de água que alagou as casas.

 

Diferente de domingo (5) da semana passada, as chuvas da madrugada deste domingo (12) vieram com grande intensidade, tanta na área rual, quanto na parte urbana, de acordo com o secretário.

 

Governo decreta situação de emergência

 

O Governo do Estado decretou, na sexta-feira (10), situação de emergência após as chuvas que atingiram a região no domingo (5).

O Governador em execício, Darci Piana, afirmou compromisso para a recuperação dos estragos causados quanto antes.

“O governo está tomando todas as providências para amenizar os problemas que a chuva causou em Bandeirantes, prestando a assistência necessária às pessoas que precisam de auxílio após um evento como esse”, afirmou

 

O Estado enviou para famílias afetadas produtos para ajuda como colchões, cestas básicas, água, kits de limpeza e álcool em gel.

 

Um gabinete de crise foi montado para que autoridades do Estado e do município discutam estratégias para atender as famílias que perderam tudo, além dos recursos enviados ao município para recuperar dos estragos.

 

Segundo o último levantamento realizado pelo município, cerca de 2.350 famílias foram afetadas e 200 desalojadas em 33 bairros.

 

Calamidade pública

 

A Prefeitura de Bandeirantes decretou situação de calamidade pública após chuva de 150 milímetros atingir a cidade na semana passada.

 

Conforme a administração, a grande precipitação registrada na zona rural do município, em um curto período de tempo, causou o transbordamento de uma barragem.

 

"Precipitação de aproximadamente 150mm de chuva concentrados num curto período de tempo, que teve como consequência transposição de barragem, ocasionado dezenas de casas em situação de emergência, dada a enchente ocasionada", diz trecho do decreto.

 

FONTE – G1 PR


Casas foram atingidas pela água  — Foto: Allysson Silva / Emotion Films

Casas foram atingidas pela água — Foto: Allysson Silva / Emotion Films

Água atingiu casas  — Foto: Allysson Silva / Emotion Films

Água atingiu casas — Foto: Allysson Silva / Emotion Films

Nenhum comentário

UA-102978914-2