[Fechar]

Advertisement

Últimas notícias

Brasil aguarda terceira onda de Covid19 de guarda baixa


 O Brasil vive em abril o momento mais dramático da pandemia de covid-19. Em apenas quatro meses, este já se tornou o ano mais letal desde o início da crise sanitária que já matou quase 400.000 pessoas —sendo mais de 3.000 nas últimas 24 horas, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Na última semana houve um pequeno alento, com a queda no número de casos confirmados e óbitos no país provocados pelo novo coronavírus. Mas especialistas afirmam que ainda é cedo para comemorar, e que a chegada de uma terceira onda não é questão de “se”, mas de “quando”, especialmente à medida em que os Estados começam a suavizar as medidas de restrição responsáveis pela redução dos números.

Com a proximidade do Dia das Mães em 9 de maio —uma das maiores datas para o comércio e momento de confraternização e encontros— existe o temor de que ocorra uma alta dos casos e mortes como a verificada após os feriados do final de ano em 2020.

O GLOBO

Nenhum comentário

UA-102978914-2