[Fechar]

Advertisement

Últimas notícias

Motoristas em Londrina poderão ter até 40% de desconto no valor de multas


 Com a adesão da CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização), a partir desta segunda-feira (8), ao SNE (Sistema de Notificação Eletrônica), os condutores de Londrina poderão obter descontos de até 40% no pagamento de multas.  



O benefício está vinculado à CDT (Carteira Digital de Trânsito) e por isso, o motorista deve estar com ela ativa, por meio de aplicativo que pode ser baixado nas lojas virtuais Google Play e Apple Store, disponíveis para dispositivos com sistema operacional Android e iOS. 



Com a Carteira Digital o condutor pode acompanhar as infrações e outras informações da CNH (Carteira Nacional de Habilitação). "Ela também substitui as notificações de trânsito que eram enviadas impressas no endereço cadastrado e, para ter o desconto, não há nenhum pré-requisito. Aderindo ao sistema, o desconto é concedido para todos, desde que o pagamento seja efetuado até a data do vencimento”, explica o diretor de Trânsito da CMTU, major Sergio Dalbem. 



É importante destacar que, para receber o desconto de 40%, o condutor deve reconhecer que cometeu a infração. Ou seja, ao aderir ao SNE, o cidadão deve abrir mão de todas as esferas recursais, como defesa prévia ou recurso contra a penalidade. Esse procedimento, no entanto, não impede que o autuado faça a indicação do condutor infrator. “Caso o condutor não faça a adesão e tenha como prioridade entrar com o recurso da multa, ele continua tendo o desconto de 20% para o pagamento até a data de vencimento”, afirma.  



O SNE é desenvolvido pelo Governo Federal por meio da Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito) e do Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), e possibilita também que o condutor ou proprietário de veículo tome ciência das infrações eventualmente identificadas pelos órgãos autuadores. A CMTU informa que o acesso ao sistema pode ser cancelado pelo motorista a qualquer momento, mas os avisos encaminhados até a data da revogação terão validade legal para todos os efeitos. (Com informações da CMTU) 


 

CARTEIRA DIGITAL 

 



A Carteira Digital de Trânsito é um aplicativo oficial do Governo Federal, que tem o objetivo de reunir toda a documentação de trânsito de forma digital, no celular, mesmo sem acesso à internet. O aplicativo armazena, além da habilitação, aviso de vencimento da CNH, infrações, pagamento de multas, dados do veículo, indicação do condutor principal do veículo, entre outros. 



Ao baixar o aplicativo CDT, o condutor deverá informar os dados pessoais e um e-mail será enviado para ativar o cadastro e confirmar a veracidade das informações, preenchendo o número de segurança da CNH ou do CRLV. Dalbem destaca que o aplicativo agiliza o processo, traz comodidade aos motoristas, além do desconto. “Esse sistema também ajuda a administração pública, com a diminuição de custos, por exemplo”, diz. 


Para conseguir incluir os documentos dentro da CDT, a CNH precisa ter sido emitida a partir de maio/2017. A partir dessa data, todas as CNHs foram emitidas com a tecnologia de QR Code e permitem leitura e validação pelo aplicativo Vio. A CDT deve ser aceita como documento oficial por agentes de trânsito ou policiais, conforme Portaria da Senatran nº 184 de 17 de agosto de 2017, Resolução do Contran nº 684 de 25 de julho de 2017 e Resolução do Contran nº 809, de 15 de Dezembro de 2020. 


ServiçoAcesse aqui para mais informações sobre a Carteira Digital de Trânsito.


FONTE - Micaela Orikasa - Grupo Folha

Nenhum comentário

UA-102978914-2