Atendimento na delegacia de Assaí é reduzido após fuga de presos



Portas arrombadas, computadores destruídos e um "verdadeiro saque" realizado pelos presos, segundo o delegado Damião Benassi Junior, levaram à suspensão dos atendimentos na Delegacia de Assaí (Norte Pioneiro). Na noite de terça-feira, quatro homens armados e encapuzados pularam o muro e renderam um investigador, que estava preparando o jantar. Ele foi arrastado pelo grupo, que abriu a carceragem. Antes da fuga, os presos danificaram a estrutura da delegacia. "Eles levaram três armas e fugiram com a viatura. Ainda estamos fazendo um inventário para saber se levaram drogas do depósito", contou Benassi Junior. Dez presos deixaram as celas.



Por causa dos danos, apenas atendimentos de urgência serão realizados, como o registro de boletins de ocorrência em local de morte. "O trabalho interno permanece, mas os atendimentos gerais à população ficam suspensos por tempo indeterminado. Precisamos colocar tudo em ordem. Esperamos que, até a semana que vem, a gente consiga reabrir para a população", declarou. As visitas aos detentos também estão suspensas.
O delegado afirmou que os estragos não devem comprometer as investigações, já que muitos arquivos estão em papel ou podem ser acessados no sistema por meio de outros computadores. "Isso pode nos causar um atraso, mas não vai haver perda", garantiu.
Antes da fuga, 54 presos ocupavam a carceragem, que deveria abrigar 24 detentos. Dos dez fugitivos, apenas um foi recapturado. Ele foi localizado pelos policiais enquanto pedia carona em uma rodovia da região. A viatura foi abandonada na área rural de São Sebastião da Amoreira, a 30 km de Assaí. O investigador rendido na delegacia foi encaminhado ao hospital e liberado em seguida.
Após uma revista nas celas, os policiais encontraram 40 celulares e drogas. Conforme Benassi Junior, três fugas foram registradas nos últimos dois meses. Em março, quatro presos fugiram por meio de um buraco aberto na laje da delegacia. Os procedimentos de segurança foram alterados, mas há poucos funcionários. "São quatro investigadores, um a cada plantão de 24 horas, que acaba fazendo a guarda dos presos", explicou o delegado, que responde também por Uraí.

RIBEIRÃO CLARO
Na noite de terça-feira, um preso identificado como Jean Luiz de Morais foi morto após uma troca de tiros com policiais de Ribeirão Claro (Norte Pioneiro). Após atendimento médico, o detento retornou à delegacia e conseguiu se soltar das algemas ao descer do camburão. Ele alcançou a arma de um dos policiais que fazia a escolta e teria atirado contra a equipe. No confronto, foi atingido e não resistiu aos ferimentos.(Com Grupo Folha)
Viviani Costa
Reportagem Local
FONTE - FOLHA DE LONDRINA
Atendimento na delegacia de Assaí é reduzido após fuga de presos Atendimento na delegacia de Assaí é reduzido após fuga de presos Revisado por Blog do Chaguinhas on 08:06:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios