(29-04-2016)Batalha campal provocou trocas no primeiro escalão(AS IMAGENS DA BATALHA CAMPAL DE 29/04/2015)



Theo Marques/29-4-2015
Professores e servidores foram atingidos por balas de borracha, spray de pimenta e gás lacrimogêneo

Curitiba – As imagens da batalha campal ocorrida no Centro Cívico de Curitiba no 29 de abril de 2015 repercutiram nacionalmente e a crise desencadeada nos dias seguintes provocou a troca de três nomes do primeiro escalão do governo Beto Richa. O primeiro a sair foi o secretário de Educação Fernando Xavier, substituído por Ana Seres Trento Comin. Também não resistiram à pressão o comandante da Polícia Militar (PM) na época, César Vinicius Kogut (substituído por Maurício Tortato) e o então secretário de Segurança, Fernando Francischini (quem assumiu a pasta foi Wagner Mesquita de Oliveira).
Um ano atrás, Ana Seres Comin era superintendente da Secretaria Estadual de Educação. "Ninguém queria aquelas cenas de violência", afirmou. "Mas vamos deixar os maus momentos para trás e avançar em defesa do que importa, que é o nosso processo de ensino aprendizagem, com os nossos alunos." A atual secretária lembrou da greve dos professores e servidores, ano passado, que durou mais de 40 dias.
Ana Seres ressaltou que a educação paranaense avançou bastante nos últimos cinco anos, desde que Beto Richa assumiu o primeiro mandato. Ela citou a aprovação do Plano Estadual de Educação, que norteia as ações da pasta e o Programa Meta (Minha Escola Tem Ação), que tem o objetivo de reduzir os índices negativos do setor, como, por exemplo, indicadores de reprovação. Também lembrou projetos de valorização dos profissionais da Educação, como a hora atividade, que aumentou 75% para quem tem contrato de 20 horas e 100% para quem cumpre 40 horas. Ressaltou o aumento salarial, nos últimos cinco anos, de 82% para a categoria e a equiparação salarial dos servidores com graduação. A secretária citou também a nomeação, há poucos dias, de 296 professores, aprovados em concurso público de 2013.
Quanto à relação com a APP/Sindicato, Ana Seres considera que a comunicação melhorou no último ano e que reuniões acontecem mensalmente entre os sindicalistas e representantes do governo, entre elas Casa Civil e Fazenda. Segundo a secretária, o orçamento da pasta da Educação para 2016 é de R$ 7,8 bilhões. "Nossa despesa com funcionários é de R$ 6,5 bilhões". Conforme Ana Seres, em 2010 o orçamento da Educação era R$ 3,7 bilhões e as despesas com funcionários girava em torno de R$2,8 bilhões". "A despesa de pessoal quase triplicou nesse período", afirmou.

JUSTIÇA
Ainda corre no Tribunal de Justiça (TJ) do Paraná uma ação civil pública por atos de improbidade administrativa contra o governador Beto Richa, o ex-secretário Francischini e o ex-comandante César Vinícius Kogut. Ajuizada pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR), ela tem o objetivo de responsabilizá-los pela repressão violenta da manifestação de 29 de abril. Segundo o MP, a ação tem 22 volumes, foi distribuída à 5ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba. Neste momento, encontra-se em fase de juízo de admissibilidade. Já o Inquérito Policial Militar, que apurava excessos dos policiais que participaram da operação, acabou sendo arquivado pela Vara da Auditoria da Justiça Militar Estadual.
Adriana De Cunto
Reportagem Local/FOLHADE LONDRINA
(29-04-2016)Batalha campal provocou trocas no primeiro escalão(AS IMAGENS DA BATALHA CAMPAL DE 29/04/2015) (29-04-2016)Batalha campal provocou trocas no primeiro escalão(AS IMAGENS DA BATALHA CAMPAL DE 29/04/2015) Revisado por Blog do Chaguinhas on 08:54:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios