Equador decreta estado de exceção após terremoto matar mais de 245




Luis Acosta/AFP
Bombeiros atuam no resgate de vítimas entre escombros em Guayaquil

São Paulo - Pelo menos 246 pessoas morreram e 1.557 ficaram feridas devido ao terremoto de magnitude 7,8 que atingiu o litoral do Equador na noite de sábado. Foi o maior abalo sísmico a atingir o país sul-americano desde 1979.
Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o principal tremor ocorreu no mar, a 22 km de Muisne (a 394 km da capital Quito), na província de Esmeraldas, às 18h58 locais (20h58 em Brasília), a 19,2 km de profundidade. O alerta de tsunami decorrente foi suspenso três horas depois.
O terremoto causou destruição nas províncias de Esmeraldas, Santa Elena, Manabí, Los Rios e Guayas, que inclui a maior cidade do país, Guayaquil. Houve danos menores em Quito, a 2.800 m de altitude, mas sem vítimas.
A mais afetada foi a cidade turística de Pedernales, onde 80% das construções e da infraestrutura foram destruídas. Devido ao abalo sísmico, o presidente Rafael Correa decretou estado de exceção em todo o país "para garantir a ordem pública". "A prioridade é resgatar as pessoas dos escombros. Tudo pode ser reconstruído, mas vidas não podem ser recuperadas, e isto é o que mais nos machuca", escreveu em sua conta no Twitter. Aproximadamente 14,5 mil policiais e soldados foram mobilizados para manter a ordem na região.
Folhapress/FOLHA DE LONDRINA
Equador decreta estado de exceção após terremoto matar mais de 245 Equador decreta estado de exceção após terremoto matar mais de 245 Revisado por Blog do Chaguinhas on 07:43:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios