Homem condenado injustamente a prisão perpétua é inocentado



Um homem de 46 anos está prestes a ser colocado em liberdade depois de ter passado 22 anos preso injustamente, em Illinois, nos Estados Unidos. A justiça reconheceu que Eddie Bolden, preso em 1994, foi vítima de um erro jurídico e retirou as acusações contra ele. Bolden havia sido condenado por homicídios relacionados ao tráfico de drogas.
Em fevereiro, um juiz do Condado de Cook determinou que Eddie deveria ser julgado novamente. Durante uma das apelações, o magistrado considerou que as provas que incriminaram o preso eram “extremamente frágeis” e que faltou ouvir testemunhas cruciais que poderiam confirnar o álibi do réu.
Bolden havia sido condenado a partir do depoimento de uma única testemunha. Mas um investigador também entrevistou três testemunhas que disseram ter visto Eddie em um restaurante no horário dos crimes. O advogado do homem, na época do julgamento dele, em 1996, não arrolou essas pessoas como testemunhas de defesa.
Bolden foi condenado a prisão perpétua por dois homicídios e por uma tentativa de homicídio.


FONTE - EXTRA/GLOBO.COM
Homem condenado injustamente a prisão perpétua é inocentado Homem condenado injustamente a prisão perpétua é inocentado  Revisado por Blog do Chaguinhas on 07:20:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios