Klabin inaugura planta com maior investimento privado do Estado




Foram investidos em Ortigueira R$ 8,5 bilhões obtidos junto ao BNDES e ao Paraná Competitivo

Solenidade de inauguração contou com presidente em exercício, governador e outras autoridades
Fotos: Saulo Ohara
 

A Klabin, maior produtora e exportadora de papeis do Brasil, inaugurou ontem sua nova planta localizada em Ortigueira (Mesorregião Centro Oriental), a 130 quilômetros de Londrina. Os investimentos de R$ 8,5 bilhões, com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Paraná Competitivo, são os maiores feitos por uma instituição privada no Estado e a maior já feita pela empresa.
O BNDES financiou R$ 3,7 bilhões dos investimentos, além de R$ 800 milhões subscritos em debêntures. No caso do Paraná, os incentivos vieram por meio dos créditos outorgados, no total de R$ 1 bilhão, para investimentos em pontes, ferrovias, rodovias e outros.
A solenidade teve a presença do presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), do governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), da presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos Marques, ministros e deputados federais. Temer permaneceu por menos de três horas no empreendimento porque tinha agenda em Brasília ainda no mesmo dia.
A unidade, denominada "Puma", terá capacidade para produzir anualmente 1,5 milhão de toneladas de celulose, divididos em 1,1 milhão de toneladas de celulose branqueada de fibra curta (eucalipto) e 400 mil toneladas de celulose branqueada de fibra longa (pinus), parte convertida em celulose fluff – utilizada em fraldas descartáveis e absorventes íntimos, entre outros. A produção em larga escala pode levar o mercado brasileiro a substituir a importação dessa matéria-prima.
A unidade foi construída em uma área de 200 hectares, o equivalente a 200 campos de futebol, e chegou a empregar 14 mil pessoas no pico das obras. Concluída, a empresa vai gerar cerca de 1,5 mil empregos diretos e indiretos. Além disso, trouxe incrementos na infraestrutura da região, como recuperação e construção de estradas e ferrovias para escoamento da produção pelo Porto de Paranaguá.
A empresa também vai produzir, em média, 270 MW de energia elétrica, sendo 150 MW excedentes, o que coloca a Klabin na condição de autossuficiência em energia elétrica. A unidade ainda contempla a pavimentação de duas estradas e melhorias em uma terceira, além de construir nova ponte ligando as margens do rio Tibagi. A klabin também construiu um ramal ferroviário de 23,5 km ligando a fábrica à Ferrovia Central do Paraná e adquiriu sete locomotivas e 306 vagões.

Impacto regional
Durante o período de investimentos, a Klabin gerou R$ 700 milhões de Imposto por Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e, em operação, vai gerar R$ 300 milhões anualmente. O ICMS incremental será dividido entre 12 municípios da região, localizados em uma das regiões com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Paraná.
A prefeita de Ortigueira, Lourdes Banach (PPS), define a instalação da fábrica no município como a "chegada de um novo tempo". "Costumava-se dizer que nossa cidade era de crianças e velhos, porque os jovens saíam atrás de trabalho, que agora podem retornar", disse.
O presidente Temer afirmou que a unidade Puma pode ser considerada um exemplo para o País. "O que mais precisamos é de empregos, já são quase 12 milhões de desempregados. Hoje, tirei 1,5 mil com os empregos que foram gerados por esse empreendimento", afirmou o presidente que assumiu o cargo há um mês e meio.
Para o governador, a empresa vai provocar mudanças fundamentais na região com a industrialização e investimentos sociais. "Para sempre, a presença da Klabin vai mudar o perfil econômico e perfil social de todas as cidades dessa região."
Luís Fernando Wiltemburg
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA
Klabin inaugura planta com maior investimento privado do Estado Klabin inaugura planta com maior investimento privado do Estado Revisado por Blog do Chaguinhas on 07:17:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios