Tubarão volta ao Café com obrigação de vencer






Após dois tropeços em casa, Londrina entra em campo pressionado contra o Tupi, que está na zona de rebaixamento da Série B

Marcos Zanutto
Destaque pelo lado direito, Igor retorna ao time titular depois de ficar de fora da partida contra o Paraná

O Londrina tem mais uma oportunidade, hoje, para mostrar um bom futebol e vencer com o apoio da torcida alviceleste. Pressionado depois de dois tropeços em três jogos em casa, o Tubarão se vê obrigado a vencer o Tupi a partir das 16h, no Estádio do Café, para se afastar dos últimos colocados da Série B. O LEC é o 12º, com seis pontos. O primeiro na zona do rebaixamento é o Bragantino, que soma quatro.
A chance de ganhar após duas partidas não poderia ser diante de um adversário melhor. A equipe mineira tem apenas uma vitória e está em 18º lugar, com três pontos.
Vindos da Série C, LEC e Tupi se enfrentaram quatro vezes em 2015 na terceira divisão. Na primeira fase, o Londrina ganhou os dois jogos – 1 x 0 em Juiz de Fora e 3 x 0 no Café. Já garantidos na Série B, as equipes voltaram a se encontrar nas semifinais. Depois de dois empates em 0 a 0, o alviceleste levou a melhor nos pênaltis e se classificou para a final. "É uma equipe muito diferente em relação ao ano passado. Apesar da campanha ruim até aqui, é um time que fez boas partidas, tem virtudes e jogadores experientes. Temos que jogar muito organizados e equilibrados para conquistarmos a vitória", apontou o técnico Claudio Tencati.
Em seu quarto jogo em casa – uma vitória, um empate e uma derrota - o Londrina espera um apoio maior da torcida. Mesmo a equipe ainda não empolgando o torcedor, a média de 2.292 pagantes por partida está muito aquém do esperado, principalmente levando em conta que o LEC voltou à Série B depois de 12 anos.
"Não é uma realidade só nossa. Clubes com grande número de sócios-torcedores também estão enfrentado esse problema, até na Série A. As pessoas estão um pouco desanimadas também pelo fator político e econômico do país. Mas, acho que a hora que encaixarmos uma sequência de vitórias, vamos atrair o torcedor", analisou Tencati.
Precisando ganhar para subir na classificação, o treinador abre mão de dois volantes e escala o time com três atacantes: Paulinho Moccelin, Jô e Keirrison, artilheiro da equipe com três gols. Quem deixa o time é Diogo Roque. Outra novidade é o retorno do lateral-direito Igor Bosel, que não jogou contra o Paraná Clube. O zagueiro Silvio, poupado dos últimos treinamentos em razão de dores no adutor, vai para o jogo.
O Tupi vem de duas derrotas seguidas e, apesar da campanha ruim, conseguiu a maior goleada do Brasileiro até aqui ao passar pelo Paysandu por 5 a 1, na terceira rodada. O desfalque da equipe para o jogo será o goleiro Glaysson, que com dores no pescoço foi vetado pelo departamento médico. Rafael Santos entra no seu lugar. O técnico Ricardo Drubsky aposta na dupla de ataque formada por Thiago Silvy e Giancarlo, com passagens por diversos clubes paranaenses.

Em Londrina

Londrina: Marcelo; Igor, Silvio, Matheus e Léo. Germano, Rafael Gava e Zé Rafael. Paulinho Moccelin, Keirrison e Jô. Técnico: Claudio Tencati

Tupi: Rafael Santos; Henrique, Heitor, Rodolfo Mol e Bruno Costa. Filipe Alves, Marcos Serrato, Recife e Jonathan. Thiago Silvy e Giancarlo. Técnico: Ricardo Drubsky

Árbitro: Alinor Silva da Paixão (MT)
Horário: 16h
Local: Estádio do Café
Lucio Flávio Cruz
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA
Tubarão volta ao Café com obrigação de vencer Tubarão volta ao Café com obrigação de vencer Revisado por Blog do Chaguinhas on 07:52:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios