Salto do Lontra decreta situação de emergência



Tempestade de granizo, que durou cerca de 20 minutos, atingiu toda a cidade e parte da zona rural de Salto do Lontra


A Defesa Civil Estadual informou que aumentou de 29 para 34 o número de municípios atingidos pelas chuvas nos dias 12 e 13 de julho. O total de pessoas afetadas chegou aos 29.236 com a entrada de Araucária (Região Metropolitana de Curitiba), Rosário do Ivaí (Vale do Ivaí), São Miguel do Iguaçu e São Pedro do Iguaçu (Oeste) na lista de cidades que registraram algum tipo de estrago.
Salto do Lontra, no Sudoeste, decretou situação de emergência nesta quinta-feira (14). De acordo com o novo boletim, das 7.010 pessoas afetadas no município, 800 permaneciam desalojadas até o final da tarde de quinta (14). O subtenente da Defesa Civil, Anselmo Gross, informou que um espaço público foi disponibilizado para acolher os desabrigados, mas não houve procura. "As pessoas se abrigaram em casas de parentes ou amigos. Eles aproveitam agora que a chuva diminuiu para fazer os reparos nas casas e salvar o que sobrou", informou.
A tempestade, que durou cerca de 20 minutos, atingiu toda a cidade e parte da zona rural. As oberturas de centenas de casas, comércios e prédios públicos ficaram destruídas. Muitos veículos também foram danificados pelas grandes pedras de gelo. A Defesa Civil orienta as famílias atingidas para que não subam no telhado com chuva. A orientação é para os moradores usarem lona para cobrir os móveis.
O Departamento de Assistência Social visitou as famílias desalojadas. De acordo com a prefeitura, a maior necessidade é de roupas, cobertores e colchões que se perderam no temporal. Segundo a Defesa Civil, doações podem ser entregues no Posto do Bombeiro Comunitário, na Rua Valdevino Brustolin, 597, na saída para Nova Prata do Iguaçu. Quem não tiver condições de levar os donativos pode acionar a Assistência Social pelo número (46) 3538-1899.
A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil informou que já distribuiu 260 bobinas de lona para proteção emergencial de residências nas regiões de Cascavel, Francisco Beltrão e São José dos Pinhais. Novos lotes de lonas devem ser entregues nos próximos dias. Em Imbituva (Centro-Sul) quatro pessoas permaneciam desabrigadas e cem desalojadas, de um total de 9.708 afetados.

MAIS CHUVA
De acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), as áreas de instabilidade que estavam sobre o Estado se deslocaram em direção a Santa Catarina, mas uma nova frente fria deve se formar nesta sexta (15) no Rio Grande do Sul. O meteorologista Tarcísio Valentim da Costa explica que a frente chega ao Estado pelas regiões Sudoeste e Oeste pela manhã e, durante a tarde, se espalha por todo o Paraná, com previsões de rajadas de vento e trovoadas.
As temperaturas despencam a partir da noite de sábado (16). No domingo (17), há previsão de geada para quase toda a metade sul do Estado. Em General Carneiro, na Região Sul, os termômetros devem registrar mínima de -1º C. Em Londrina, as temperaturas devem variar entre 6º C e 19º C. Segundo Costa, o frio deve se estender até terça-feira (19). "Na quarta-feira (20) a frente fria se desloca e já teremos temperaturas mais altas em todo o Estado", informou.
Celso Felizardo
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA
Salto do Lontra decreta situação de emergência Salto do Lontra decreta situação de emergência Revisado por Blog do Chaguinhas on 05:58:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios