AGORA SÓ FALTA O OURO



Pela quarta vez na história, a seleção olímpica de futebol do Brasil tem a chance de conquistar a inédita medalha de ouro. A nova busca pelo único título que o futebol nacional ainda não tem acontece neste sábado, às 17h30, no Maracanã, na partida contra a Alemanha.
O Brasil chegou à final masculina do futebol olímpico em três oportunidades anteriores: Los Angeles-1984, Seul-1988 e Londres-2012. Em todas, acabou perdendo a decisão e ficando com a prata. Na última delas, o Brasil também tinha em Neymar seu maior expoente, mas o time fracassou na final e perdeu para o azarão México por 1 a 0.
Agora, o astro do Barcelona é novamente o centro das atenções. Capitão da seleção olímpica, Neymar ganha mais uma chance de mostrar que pode liderar uma geração vencedora do Brasil. E o técnico Rogério Micale aposta no camisa 10 para decidir a final deste sábado.
"O Neymar tem ciência do que representa, não só para o Brasil, mas para o mundo como referência", declarou o treinador. "Não só na seleção, mas no futebol brasileiro, em que se cobra tanto comprometimento, o jogo sem a bola, que nos falta, e o Neymar é o maior expoente dessa geração. Acho que ele vai dar o start, e tem que se pagar um preço para isso. Eu tenho que sair da minha zona de conforto, ele também por ser esse ícone, e o Neymar está dando essa resposta", acrescentou.
O técnico brasileiro também rejeita qualquer tipo de comparação entre a final olímpica e a goleada de 7 a 1 imposta pela Alemanha ao Brasil nas semifinais do Mundial de 2014, no Mineirão. "Era Copa do Mundo, aqui é seleção olímpica. Só existia um jogador nas duas seleções que estava lá, porque o Neymar não participou."

ALEMANHA
Do lado alemão, o técnico Horst Hrubesch evitou falar sobre como seu time atuará para barrar Neymar no ataque verde-amarelo. Em vez disso, Hrubesch preferiu frisar que o ataque da Alemanha é o mais positivo da Olimpíada até aqui.
"Nós vamos jogar contra o Brasil e não apenas contra o Neymar. É um time e não só um jogador. Eu deveria perguntar: como você vai parar nosso ataque? Fizemos 21 gols. Você deveria pensar nisso", declarou.
A campanha alemã teve empates com México (2 a 2) e Coreia do Sul (3 a 3), depois goleada por 10 a 0 sobre Fiji e, no mata-mata, vitórias sobre Portugal (4 a 0) e Nigéria (2 a 0).

No Rio de Janeiro

Brasil: Weverton; Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos; Walace, Renato Augusto e Luan; Gabriel, Neymar e Gabriel Jesus. Técnico: Rogério Micale

Alemanha: Horn, Toljan, Klostermann, Ginter e Sven Bender; Suele, Meyer e Lars Bender; Selke Brandt e Gnabry. Técnico: Horst Hrubesch

Horário: 17h30

Local: Maracanã
Folhapress/FOLHA DE LONDRINA
AGORA SÓ FALTA O OURO AGORA SÓ FALTA O OURO Revisado por Blog do Chaguinhas on 07:46:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Anúncios