Últimas notícias

Londrina perde na estreia de Roberto Fonseca e permanece na ZR da Série B

LEC chegou ao terceiro jogo seguido sem vitória e vê situação se complicar ainda mais
O Londrina continua seu calvário na Série B e nem mesmo a estreia do técnico Roberto Fonseca foi suficiente para o time voltar a vencer na competição. Com um gol sofrido aos 46 minutos do segundo tempo, o LEC conseguiu ser derrotado pelo Boa Esporte (que iniciou a 20ª rodada na lanterna) por 1 a 0 na noite de sexta-feira (10), no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG).

O Tubarão chega a três partidas sem vencer e vai passar mais uma rodada na zona do rebaixamento. Estacionado nos 21 pontos, o Alviceleste vê o próprio Boa, agora com 17 pontos, se aproximar na classificação. O LEC volta a campo na sexta-feira (17), quando recebe o Paysandu, no estádio do Café. Já a equipe mineira encara o líder Fortaleza, no Ceará.

O Londrina dominou as ações no primeiro tempo, mas faltou qualidade para abrir o placar. Desde o início o Alviceleste teve mais posse de bola e troca de passes. A primeira chance veio logo ao oito minutos, quando Dudu finalizou para boa defesa do goleiro Fabrício.

O Boa conseguiu equilibrar a partida e explorou muito as costas do lateral-esquerdo Victor Luiz. Por aquele setor, chegou duas vezes com perigo. Na primeira delas, o volante Alyson perdeu gol feito ao finalizar para fora de dentro da pequena área. Em seguida, Bruno Tubarão cabeceou para fora.

Mas o LEC voltou a tomar conta do jogo, sobretudo com as jogadas individuais de Dagoberto. Pena que falta alguém com qualidade para acompanhá-lo. Aos 23 minutos, o atacante finalizou por cima. Aos 33, após cruzamento de Lucas Ramon e finalização errada de Safira, a bola sobrou para Dagol, que bem na frente do gol não conseguiu chutar.

A melhor chance alviceleste surgiu aos 42 minutos. Após escanteio do lado esquerdo, Safira subiu sozinho e cabeceou no travessão; no rebote, Silvio chutou por cima do gol.

O Boa Esporte voltou muito melhor no segundo tempo e em sete minutos obrigou o goleiro Vagner a fazer duas grandes defesas. Logo aos dois minutos, Daniel Cruz invadiu a área e o camisa 1 alviceleste teve que sair do gol para bloquear o chute. No lance seguinte, o mesmo Daniel Cruz cruzou da direita e Alyson finalizou dentro da pequena área. Desta vez, Vagner salvou com os pés.

Vagner trabalhou novamente aos 20, ao defender chute perigoso de Bruno Tubarão. Aos 23, o técnico Roberto Fonseca tirou Dagoberto para a entrada de Felipe Marques e o Londrina ficou sem a sua única opção de qualidade no jogo. A escolha pela saída do artilheiro alviceleste foi técnica mesmo, já que Dagol não demonstrava desgaste físico excessivo.

Fonseca ainda colocou em campo o volante Anderson Leite e o atacante Thiago Ribeiro, mas o time continuou com muita dificuldade ofensiva. A única chance do segundo tempo foi em cabeçada de Safira, que Fabrício defendeu, aos 34.

Se o empate já não era o resultado dos sonhos, o castigo maior veio aos 46. Após um lançamento do campo de defesa, o baixinho Douglas Baggio dominou na frente de Luizão e acertou um belo chute no ângulo direito de Vagner. O Londrina ainda esboçou uma reclamação de um possível domínio com o braço do atacante mineiro, mas o gol foi confirmado pelo árbitro. Será mais um final de semana tenebroso para o torcedor alviceleste.

EM VARGINHA

Boa Esporte 1
Fabricio; Helder, Luan, Rafael Jensen e Jadson; Djavan, Alyson (Juninho Potiguar), Daniel Cruz (Thalis), Bruno Tubarão e Adauto (Aldo); Douglas Baggio. Técnico: Ney da Mata

Londrina 0
Vagner; Lucas Ramon, Luizão, Silvio e Victor Luiz; João Paulo, Jardel e Dudu (Anderson Leite); Paulinho Moccelin, Dagoberto (Felipe Marques) e Safira (Thiago Ribeiro). Técnico: Roberto Fonseca

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Estádio: Dilzon Melo
Gol: Douglas Baggio, aos 46 do 2º


Lucio Flávio Cruz
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA

Nenhum comentário