Últimas notícias

Londrina e Maringá brigam ponto a ponto por título dos JAP's

Os JAP's (Jogos Abertos do Paraná), que estão sendo disputados em Londrina, entram na reta final com os três últimos dias de competição. Londrina e Maringá disputam ponto a ponto a liderança geral e a briga promete ser acirrada até o encerramento da última modalidade no domingo (30).


Após o término da disputa em 14 esportes, a Cidade Canção aparece na frente, com 26 pontos de vantagem sobre Londrina. Os maringaenses somam 406 pontos contra 380 dos londrinenses. Em seguida aparecem Foz do Iguaçu (275), Cascavel (270), Toledo (201) e Campo Mourão (166).


Até o momento, Londrina ganhou seis títulos - tênis de mesa masculino e feminino, ginástica rítmica, taekwondo feminino, rugby masculino e atletismo feminino - e foi vice em outras oito modalidades - judô masculino e feminino, tênis masculino e feminino, badminton masculino e feminino, atletismo masculino e vôlei de praia feminino. Já Maringá ganhou sete torneios: xadrez feminino, tênis masculino e feminino, taekwondo masculino, natação masculino e vôlei de praia masculino e feminino.

"O balanço no geral é bastante positivo, mas tínhamos a expectativa de que algumas modalidades avançariam um pouco mais", frisou o presidente da FEL (Fundação de Esportes de Londrina), Fernando Madureira. "Tivemos equipes que pecaram pela falta de experiência, outras não tiveram tanto tempo de preparação e algumas sofreram com desfalques importantes", alegou o dirigente.


A programação dos JAP's segue intensa até o domingo, com a disputa de mais seis modalidades: ciclismo, basquete, futebol, futsal, handebol e vôlei. Apesar de estar atrás na classificação, o objetivo da delegação londrinense é terminar como campeã geral.

"A nossa meta segue sendo o primeiro lugar e acredito que será possível. Temos muitas modalidades fortes, como o handebol, o basquete, o futsal", frisou Madureira. "Eu falo como técnico também e por isso nós queremos ganhar todos os títulos que ainda estão na disputa. Mas reconhecemos a força dos adversários também. Por isso, acredito que, se ganharmos um pouco mais da metade destas disputas que faltam, estará de bom tamanho".

Em 2018, Londrina volta a sediar a fase final dos Jogos Abertos depois de 21 anos. A competição trouxe à cidade mais de 4 mil atletas de 73 municípios paranaenses.


Lucio Flávio Cruz/ Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA

Nenhum comentário