[Fechar]

Últimas notícias

Com novo equipamento de alta tecnologia, Tecpar moderniza ensaios com alimentos




 Para oferecer novos serviços e agregar valor às soluções ofertadas à sociedade, o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) vai ampliar o portfólio de serviços com ensaios laboratoriais inéditos na área da saúde e do meio ambiente. Esta é uma das metas previstas para o instituto no Plano de Governo, que está em andamento.

Com foco na segurança alimentar, o complexo laboratorial do Tecpar está sendo modernizado com novos equipamentos que trazem mais eficiência, precisão e agilidade para a realização de análises químicas. Um dos novos instrumentos possui tecnologia de ponta para pesquisa e detecção de contaminantes em alimentos, e vai contribuir nas ações do Projeto de Ampliação da Segurança dos Alimentos do Paraná. Para a aquisição foram investidos cerca de R$ 2,6 milhões.O Tecpar é referência no Estado e ocupa posição de destaque no País em análise de alimentos, cumprindo as mais rigorosas normativas nacionais e internacionais para ensaios relacionados à segurança dos alimentos, equivalente às praticadas pela Comunidade Europeia, que estabelecem padrões de qualidade para commodities alimentares.O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, destaca que o investimento beneficia as empresas e instituições comprometidas com o atendimento dos requisitos legais e normativos e, principalmente, contribui para ampliar a segurança dos alimentos consumidos pelos paranaenses. “O Tecpar oferece uma importante contribuição para a ampliação da segurança dos alimentos convencionais e orgânicos produzidos e consumidos no Paraná e no país, com laboratórios altamente capacitados”, destaca.Diversas instituições públicas já mantêm parcerias com o Tecpar em ações para a segurança alimentar. No âmbito estadual, estão a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), para análise de resíduos de agrotóxicos em produtos agrícolas, e o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), voltada à avaliação da qualidade da alimentação escolar servida nas escolas estaduais.EQUIPAMENTO – O pesquisador do Centro de Tecnologia em Saúde e Meio Ambiente do Tecpar, Natalício Ferreira Leite, explica que a nova aquisição consiste em um sistema de espectrometria de massas de alta resolução denominado “quadrupolo-tempo de voo”, acoplado a cromatografia a líquido, que permite obter resultados com alta confiança e precisão, atendendo os mais rigorosos requisitos internacionais para a análise de contaminantes em alimentos.Segundo ele, o sistema é capaz de identificar uma ampla gama de resíduos e contaminantes, mesmo se presentes em concentrações muito baixas no material analisado, tarefa que não era possível através das técnicas analíticas anteriores. Além disso, tem a capacidade de medir uma substância, livre da interferência de outras espécies químicas contidas na amostra.“Com a nova tecnologia, o Tecpar poderá atuar na pesquisa de contaminantes emergentes e resíduos de novos agrotóxicos liberados nos últimos anos para uso na agricultura, o que era impossível com os sistemas atuais”, disse o pesquisador.AMPLIAÇÃO – O novo sistema permitirá ampliar a capacidade de atendimento do laboratório, que a partir de agora poderá ultrapassar a barreira dos 400 agrotóxicos atualmente analisados em cada amostra, aprimorando o atendimento da determinação da Anvisa de monitorar o maior número possível de agrotóxicos em produtos agrícolas.Com o novo instrumento também será possível a pesquisa de resíduos de medicamentos veterinários em alimentos de origem animal, contaminantes emergentes diversos e toxinas naturais, entre outras substâncias de interesse em produtos como alimentos, águas e ambiente.A modernização do laboratório qualifica o atendimento às demandas dos setores da indústria, comércio e serviços, constituídos, principalmente, por micro, pequenas e médias empresas paranaenses, além de cooperativas e órgãos públicos.Também oferece uma importante contribuição para o mercado de exportação do agronegócio paranaense, assegurando o atendimento das exigências do mercado externo e a quebra de barreiras técnicas às exportações.
Assessoria de Comunicação

(41)3316-3007 2104-3355  

imprensa@tecpar.br      https://w

Nenhum comentário

UA-102978914-2